Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / Confira como foi a Reunião Ordinária desta quinta-feira

Confira como foi a Reunião Ordinária desta quinta-feira

por Ana Paula Oliveira - Jornalista — publicado 25/11/2021 19h41, última modificação 25/11/2021 19h41
Três projetos foram aprovados na 74ª Reunião Ordinária da Câmara Municipal de Divinópolis.

Ao abrir as discussões da segunda parte dos trabalhos na Reunião, a primeira matéria, o Projeto de Lei Complementar EM-002/2021, que institui a Taxa de Resíduos Sólidos de Serviços de Saúde (TRSS), no âmbito do Município de Divinópolis, foi retirada de pauta de forma definitiva pelo Prefeito Gleidson Azevedo.

O segundo projeto aprovado pelos vereadores foi o PLCM-183/2021, que denomina “Monsenhor Evaristo” a "Estrada Vicinal DVL 070", a estrada de acesso a Cruz de Todos os Povos, neste município. O Projeto é de autoria o vereador Ademir Silva, que destacou na justificativa que Monsenhor Evaristo José Vicente, nasceu 04/07/1933, em Igaratinga Minas Gerais, foi ordenado Padre no dia 02/07/1961, na Catedral do Divino Espirito Santo, pelas mãos de Dom Cristiano Portela de Araújo Pena, dedicando 50 anos de sua vida ao sacerdócio e ao serviço do próximo. O projeto foi aprovado por unanimidade pelos parlamentares.

Já o terceiro aprovado pelos parlamentares, foi o Projeto de Lei CM-195/2021, que declara de utilidade Pública a Igreja Evangélica Brasas Vivas Divinópolis, com sede e foro neste Município. O Projeto de Lei é de autoria do vereador Ney Burguer, e, de acordo com o edil, a Igreja Brasas Vivas é uma organização religiosa que foi fundada no dia 17 de janeiro de 2019, com o objetivo principal de Proclamar o Evangelho de Cristo, ajudar os membros da Igreja, dar apoio aos necessitados, colocando sempre em prática os ensinamentos de Jesus, principalmente amar ao próximo como Ele nos amou. A matéria foi aprovada por 14 votos favoráveis.

Por fim, o Projeto de Lei CM-217/2021, que institui o regime de plantão obrigatório a ser cumprido pelas farmácias e drogarias no atendimento, ininterrupto ao público consumidor, e contém outras disposições. O projeto é de autoria do vereador Israel da Farmácia, que destacou na justificativa que  a matéria tem por sua finalidade de atender a atual demanda do funcionamento dos plantões no setor das farmácias em Divinópolis. O horário atual é estabelecido pela Lei 4.913/2000 e não traduz a realidade do atendimento e funcionamento cotidiano do setor. O Projeto foi aprovado por unanimidade.